Tem muita gente que acha que fazer dieta Low-Carb significa o fim das guloseimas. É verdade que açúcar, leite e farinha não fazem parte da dieta Low-Carb, mas existem diversas outras opções de sobremesas deliciosas que podem ser consumidas!

Hoje, vou dar a receita de uma dessas sobremesas: o Brownie Low-Carb.

Esse é um doce delicioso e fácil de fazer – leva só dois ingredientes!

Ingredientes

  • 2 ovos
  • 100g de chocolate de, no mínimo, 70% cacau

Modo de Preparo

  • Separe as gemas das claras. Reserve as gemas e bata as claras em neve;
  • Derreta o chocolate – você pode fazer isso com banho-maria ou usando o microondas;
  • Quando o chocolate estiver derretido, adicione as gemas e misture até que fique homogênea;
  • Adicione as claras em neve aos poucos e misture devagar até ficar homôgenea – isso vai deixar seu brownie leve e mais fofinho!
  • Coloque em um forma untada com manteiga sem sal ou óleo de coco e leve ao forno pré-aquecido em temperatura média por entre 20 a 30 minutos.

E pronto! É só tirar do forno, esperar esfriar, e aproveitar o seu brownie!

Você pode ainda adicionar diversos ingredientes opcionais para dar uma incrementada no seu brownie, como amendoim, castanhas, coco ralado, canela, ou até servir com frutas frescas após assar. Se quiser fazer alguma cobertura, também pode! Só lembre de usar os alimentos permitidos pela Low-Carb!

Essa é uma receita deliciosa, fácil e rápida de fazer, além de não pesar muito no seu bolso. Só porque você está fazendo a dieta Low-Carb não quer dizer que você não pode aproveitar um docinho de vez em quando.

Mas lembre-se: moderação!

Tags : brownie low carbdieta low carbdietas low carblow carb dietlow carb dietareceitareceitas low carbsobremesa low carb
Dr. João Eschiletti

The author Dr. João Eschiletti

Dr. João Carlos Correa Eschiletti (CREMERS 11095 – RQE 11861) é formado pela UFRGS em 1980. É médico nutrólogo pela Associação Brasileira de Nutrologia ABRAN, CFN, MEC. Membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, é mestre em Medicina pela Universidade de Porto – Portugal.

Leave a Response